Periquitão da Cabeça Azul

Nome Popular: Periquitão-de-cabeça-azul
Nome Científico: Aratinga acuticaudata
Peso: 170 a 180g
Tamanho: 37 cm
Expectativa Vida: Vivem até 30 anos
Alimentação: Na natureza, comem sementes, castanhas e frutas. Em cativeiro, oferece-se ração comercial, frutas e vegetais (eventualmente pequenas quantidades de sementes).
Reprodução: Podem botar de 2 a 4 ovos com período de incubação em torno de 24 dias.
Distribuição Geográfica: Ocorrem em 3 áreas distintas: uma no nordeste da Colômbia e noroeste da Venezuela; uma segunda no nordeste brasileiro, nos estados de Pernambuco, Alagoas, norte da Bahia e leste do Piauí; e a última e maior área vai do oeste do Mato Grosso até a Argentina, passando por Paraguai e Bolívia.
Descrição: São predominantemente verdes com uma área azulada logo acima do bico. O sexo das aves não pode ser determinado somente através das características externas. Sofrem com a destruição do habitat e captura ilegal.

 

Periquitão Maracanã

Nome Popular: Periquitão-maracanã
Nome Científico: Aratinga leucophthalmus
Peso: 140 a 171g
Tamanho: 32 cm
Expectativa Vida: Vivem até 30 anos
Alimentação: Na natureza alimentam-se de sementes, frutos, nozes, bagas, flores, matéria vegetal e insetos e suas larvas que procuram no topo das árvores, mas também no chão, pois também comem sementes de grama. Em cativeiro, recomenda-se servir ração comercial específica, sementes, frutas e vegetais.
Reprodução: Botam, geralmente, 4 ovos e a incubação dura 4 semanas. Os filhotes deixam o ninho com, aproximadamente, 9 semanas.
Distribuição Geográfica: Das Guianas, Venezuela e leste da Colômbia até o norte da Argentina e do Uruguai, passando pelo Brasil.
Descrição: Verdes com uma quantidade variável de penas vermelhas na cabeça e no pescoço. Anel perioftálmico branco-acinzentado. Bico cor-de-marfim. Íris laranja e patas cinzas. Não é possível distinguir machos e fêmeas por características externas. Sofrem com o tráfico ilegal de animais silvestres.

Periquito da Caatinga

Nome Popular: Periquito-da-caatinga
Nome Científico: Aratinga cactorum
Peso: Em média 120g
Tamanho: 25 cm
Expectativa Vida: Vivem até 30 anos
Alimentação: Na natureza alimentam-se de sementes, bagas, frutos, nozes, brotos e provavelmente, flores. Em cativeiro, recomenda-se servir ração comercial específica, sementes, frutas e vegetais.
Reprodução: Botam, geralmente, 6 ovos que são incubados pela fêmea por, aproximadamente, 21 dias. Os filhotes deixam o ninho com, aproximadamente, 6 semanas.
Distribuição Geográfica: Interior do Nordeste do Brasil.
Descrição: Parte dorsal verde com topo da cabeça marrom-pálido. Cobertura auricular verde. Bochechas, laterais do pescoço e parte superior do peito marrons. Parte inferior do peito e abdômen amarelo-alaranjado. Penas das pernas verde-amareladas. Anel perioftálmico branco. Bico cor-de-marfim. Íris laranja e patas marrons. Não é possível distinguir machos e fêmeas por características externas.

Periquito Rei

Nome Popular: Periquito-rei
Nome Científico: Aratinga aurea
Peso: Em média 120g
Tamanho: 26 cm
Expectativa Vida: Vivem até 30 anos
Alimentação: Na natureza alimentam-se de sementes, frutos, bagas, nozes, insetos e suas larvas. Em cativeiro, recomenda-se servir ração comercial específica, sementes, frutas e vegetais.
Reprodução: Costumam botar 4 ovos que a fêmea incuba sozinha por, aproximadamente, 23 dias. Os filhotes deixam o ninho com 50 dias, em média.
Distribuição Geográfica: Extremo sul do Suriname e Brasil, principalmente ao sul do Rio Amazonas, até o extremo nordeste da Argentina.
Descrição: Verdes com testa e topo da cabeça laranja bordeadas com algumas penas azuis. Bochechas e peito marrom-oliva pálido. Abdômen amarelo-esverdeado. Anel de penas laranja ao redor do olho. Bico cinza-escuro. Íris laranja-amarelado e patas cinzas. Não é possível distinguir machos e fêmeas por características externas.

CRIADOURO GUARUBA/ CASA DO PAPAGAIO
Segunda a Quinta-Feira 9h às 17h
Tel: (11) 3835 - 5160

Todos os dias das 9h às 18h

        11)  9 9985 - 6860


avesguaruba@terra.com.br 

No. 5706381

 

  • w-facebook

© 2013 - Todos os direitos reservados - Criadouro Guaruba