Ararajuba

Nome Popular: Ararajuba
Nome Científico: Guaruba guarouba
Peso: 200 a 250g
Tamanho: 34 cm
Expectativa Vida: Podem viver de 30 a 40 anos
Alimentação: Na natureza, alimentam-se de frutas, sementes, castanhas e partes de flores. Em cativeiro, recomenda-se servir ração comercial específica, sementes, frutas e vegetais.
Reprodução: Geralmente, botam de 2 a 4 ovos por postura e a incubação dura de 25 a 27 dias.
Distribuição Geográfica: São aves genuinamente nacionais, pois só ocorrem no Brasil, do Maranhão ao oeste do Pará e em Rondônia.
Descrição: Possuem plumagem amarela com verde nas asas. É considerada uma ave símbolo do Brasil, pois, além de só ocorrer por aqui, possui as cores da bandeira nacional. Não é possível determinar diferenças entre machos e fêmeas somente através de características externas. Estão ameaçadas de extinção, principalmente pela destruição do habitat e captura ilegal para animais de estimação, penas e até carne.

 

Ararinha de Colar

Nome Popular: Ararinha-de-colar
Nome Científico: Propyrrhura auricollis
Peso: 250 a 300g
Tamanho: 40 cm
Expectativa Vida: Podem viver de 30 a 40 anos.
Alimentação: Na natureza, alimentam-se de frutas, sementes, castanhas e partes de flores. Em cativeiro, recomenda-se servir ração comercial específica, sementes, frutas e vegetais.
Reprodução: Geralmente, botam de 2 a 4 ovos por postura e a incubação dura de 24 a 26 dias. O sexo das aves não pode ser determinado somente através das características externas.
Distribuição Geográfica: Ocorrem do Mato Grosso (Pantanal) ao Paraguai, Bolívia e Argentina.
Descrição: São predominantemente verdes, com a cabeça e as asas azuis. Apresentam uma "coleira" amarela na base dorsal do pescoço. A parte nua de sua face é amarelada (ao invés de branca). Não é possível determinar diferenças entre machos e fêmeas somente através de características externas. Sofrem com o tráfico ilegal de animais

Maracanã de Cara Amarela

Nome Popular: Maracanã-de-cara-amarela
Nome Científico: Orthopsittaca manilata
Peso: 292 a 300g
Tamanho: 50 cm
Expectativa Vida: Podem viver de 30 a 40 anos
Alimentação: Na natureza, alimentam-se quase que exclusivamente dos frutos de uma palmeira da espécie Mauritia . Em cativeiro, recomenda-se servir ração comercial específica, sementes, frutas e vegetais.
Reprodução: Costumam botar de 3 a 4 ovos que são incubados por 25 dias. Os filhotes saem do ninho com 70 a 80 dias de vida.
Distribuição Geográfica: Ocorre numa área ampla que inclui Trinidad, Guianas, Colômbia, sudeste da Venezuela, do sul ao leste do Peru, norte da Bolívia e no Brasil, do Mato Grosso e Goiás até Piauí e oeste da Bahia.
Descrição: Verdes com o topo da cabeça azul-esverdeado. Penas do peito e queixo cinza bordeadas de verde. Faixa vermelha ou cor-de-vinho no abdômen. Penas das pernas verdes bordeadas de vermelho ou vinho. Pele da face amarela. Bico cinza-escuro. Íris marrom-escura e patas cinza-escuras. Não é possível distinguir machos e fêmeas por características externas. Sofrem com o tráfico ilegal de animais silvestres.

Maracanã Guaçu

Nome Popular: Maracanã-guaçu
Nome Científico: Ara severa
Peso: 307 a 387g
Tamanho: 46 cm
Expectativa Vida: Podem viver de 30 a 40 anos
Alimentação: Na natureza, alimentam-se de sementes, bagas, frutos, nozes e flores. Em cativeiro, recomenda-se servir ração comercial específica, sementes, frutas e vegetais.
Reprodução: A postura é de 2 a 3 ovos e a incubação de aproximadamente 28 dias. Os filhotes saem do ninho com cerca de 9 semanas de vida.
Distribuição Geográfica: Do leste do Panamá até as Guianas, nordeste do Brasil e em toda a Bolívia.
Descrição: Verdes com o topo da cabeça tingido de azul. Testa e queixo marrons, assim como as penas que rodeiam a região sem penas da face, que é cor de creme e atravessada por pequenas penas pretas. Cauda marrom-avermelhada. Bico preto, íris amarela e patas cinzas. Não é possível distinguir machos e fêmeas por características externas. Sofrem com o tráfico ilegal de animais silvestres.

Maracanã Nobre

Nome Popular: Maracanã-nobre
Nome Científico: Diopsittaca nobilis
Peso: 129 a 169g
Tamanho: 30 cm
Expectativa Vida: Podem viver de 30 a 40 anos
Alimentação: Na natureza, alimentam-se de sementes, bagas, frutos, nozes e flores. Em cativeiro, recomenda-se servir ração comercial específica, sementes, frutas, legumes e vegetais.
Reprodução: Botam geralmente 4 ovos, sendo o período de incubação de 24 dias. Geralmente, só a fêmea choca os ovos. Os filhotes deixam o ninho com, aproximadamente, 2 meses de vida.
Distribuição Geográfica: Ocorre das Guianas e leste da Venezuela até sul do Brasil, sudeste do Peru e norte da Bolívia.
Descrição: Verdes, mais amarelados nas partes ventrais. Testa azul e ombros vermelhos, assim como algumas penas das asas. Parte nua da face, branca. Bico cinza-escuro. Íris laranja-escura e patas cinza-escuras. Não é possível distinguir machos e fêmeas por características externas. Sofrem com o tráfico ilegal de animais silvestres.

Maracanã Verdadeira

Nome Popular: Maracanã-verdadeira
Nome Científico: Propyrrhura maracana
Peso: 250 a 300g
Tamanho: 43 cm
Expectativa Vida: Podem viver de 30 a 40 anos
Alimentação: Na natureza, alimentam-se de sementes, bagas, frutos, nozes e flores. Em cativeiro, recomenda-se servir ração comercial específica, sementes, frutas e vegetais.
Reprodução: Normalmente, botam 3 ovos que a fêmea choca sozinha por 26 a 27 dias. Os filhotes deixam o ninho com aproximadamente 70 dias.
Distribuição Geográfica: Leste do Brasil (do Maranhão e sul do Pará até Mato Grosso e São Paulo) e Paraguai até o norte da Argentina.
Descrição: Verdes sendo o dorso verde-oliva. Testa vermelha e cabeça, nuca e bochechas azul-esverdeadas. Faixa vermelha no abdômen inferior. Cauda marrom-avermelhada na face superior e amarelada na inferior. Pele da face amarelo-pálido. Bico preto. Íris laranja e patas amarelas. Não é possível distinguir machos e fêmeas por características externas. Sofrem com o tráfico ilegal de animais silvestres.

CRIADOURO GUARUBA/ CASA DO PAPAGAIO
Segunda a Quinta-Feira 9h às 17h
Tel: (11) 3835 - 5160

Todos os dias das 9h às 18h

        11)  9 9985 - 6860


avesguaruba@terra.com.br 

No. 5706381

 

  • w-facebook

© 2013 - Todos os direitos reservados - Criadouro Guaruba